Após boato de que paciente teria morrido de coronavírus, hospital desmente 'fake news'

A publicação dizia que o homem havia retornado da Itália recentemente e que a esposa também estaria internada no local.

em 28/02/2020

Gazeta Digital

Após rumores de que o contador e empresário Anderson Sampaio, 44, havia morrido devido ao coronavírus (COVID -19) se espalharem nas redes sociais, o Hospital Santa Rosa emitiu nota desmentindo o fato. Até o momento dois casos de pessoas doentes estão sendo monitorados pela Secretária de Estado de Saúde (SES).

Os boatos passaram a circular em redes sociais na quinta-feira (27), pedindo que as pessoas evitassem a unidade hospitalar, pois um paciente havia morrido no local, vítima da doença. A publicação dizia que o homem havia retornado da Itália recentemente e que a esposa também estaria internada no local.

Otmar de Oliveira
Reprodução

Diante do alarde, o hospital se manifestou dizendo que não havia qualquer veracidade nas publicações. Informando, ainda, que não há casos da doença monitorados em Cuiabá e que os únicos pacientes acompanhados pela Saúde são de Alto Taquari e Glória do Oeste.

“O Hospital Santa Rosa reforça que já dispõe de plano de contingenciamento para atendimento dentro das normas do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, bem como conta com profissionais treinados e preparados para atuar em casos de suspeita e/ou confirmação de coronavírus”, diz trecho do comunicado.

Na noite de quinta-feira, a Secretaria de Saúde confirmou os dois casos monitorados. As amostras de sangue de ambos pacientes foram encaminhados para laboratório específico e o exame ficará pronto em 4 dias.

“O órgão estadual ainda reforça que todo caso suspeito, após a notificação do caso no sistema de informação pelo serviço, é enviado ao Ministério da Saúde que avalia e declara se o caso é suspeito ou não”, informa a pasta.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infeccções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus.

Confira as medidas de prevenção:

- Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas

- Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com
o meio ambiente

- Utilizar lenço descartável para higiene nasal

- Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir

- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca

- Higienizar as mãos após tossir ou espirrar

- Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas

- Manter os ambientes bem ventilados

- Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença

- Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

A reportagem tentou contato com a prefeitura de Glória do Oeste, mas tanto o secretário de Saúde, quanto o prefeito estavam em reunião.



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias