Astros do Futsal falam de carreira e projetos futuros

Falcão e Amandinha bateram um papo com o time do DeChapa

em 15/02/2020

Por Ariana Martins

Os astros do futsal, Falcão e Amandinha, estiveram em Cuiabá para uma ação comercial e nossa equipe do DeChapa, representada por Otávio Fonseca, não perdeu tempo e bateu um papo com eles.

Confira os principais trechos da entrevista:

Sobre o plano de carreira desde que vocês começaram foi o mesmo que sempre sonharam?

Falcão: “A Amandinha tem 25 anos. Eu com 25 anos, só jogava, não tinha planejamento nenhum, ideia nenhuma, não tinha a rede social que tem hoje, não tinha nada. Então como eu sempre cuidei das minhas coisas desde moleque eu fui aprendendo a lidar com a minha imagem e entender o que significava Falcão. Depois de 10 anos pra cá eu comecei a entender mais, comecei a ter vários patrocinadores, comecei a fazer eventos e comecei a planejar que aquilo poderia ser um negócio, pós-carreira, sem nenhuma lesão... então tudo que eu aprendi estou colocando em prática agora. Faz 1 ano que eu parei de jogar e não tenho agenda pra nada, então eu sou o Alessandro, que é meu nome, empresário do Falcão. A minha grande empresa é o meu corpo”.

Vamos pular a etapa da sua carreira. Pra você se planejar para esse final, você se imagina estilo Falcão, fazendo viagens, eventos?

Amandinha: “Eu não me programei ainda pra isso não, nem imagino o que eu vou fazer. Como Falcão falou, quando ele tinha minha idade ele pensava só em jogar bola, e eu também, mas é claro que a partir do momento que eu me tornei muito visível dentro da modalidade, que eu me tornei como se fosse uma linha de frente, as coisas começaram a mudar dentro de mim, no amadurecimento. Eu quero aproveitar ao máximo minha carreira, quero aproveitar ao máximo de bola que posso desfrutar, até onde eu aguentar, mas quero jogar feliz, não somente pra ganhar dinheiro. E eu sempre agradeço ao Falcão por ele estar sempre me ajudando porque eu não entendia de nada, de buscar meios de viver melhor dentro do esporte, e ele é um exemplo grande disso, já que é o seu próprio empresário e eu quero aprender dessa forma também”.

Em que momento você teve um “start” e percebeu que você não precisava ser apenas um convidado no seu canal do youtube e sim o apresentador, a marca que iria proporcionar uma melhor dinâmica ao quadro?

Falcão: “O Youtube na verdade apareceu como uma brincadeira, e quando eu estava parando de jogar me convenceram a fazer e neste convencimento eu posso falar que foi um “tirasso”, porque hoje de 10 moleques, 9 vão falar do meu canal. Um ou outro vai falar do que eu fiz jogando por 20 anos e é impressionante a força do canal no youtube, vou bater 1 milhão em 1 ano e pouco e foi assertivo demais. Eu ainda levo na brincadeira, o pessoal do canal quer que seja uma coisa mais agressiva, mas eu não tenho tempo pra isso e não é minha vontade”.

Mesmo como jogadora profissional, você se vê fazendo algo mais frequente através de um canal?

Amandinha: “Eu sou um pouco tímida com relação a essas coisas, isso ainda me deixa um pouco distante, mas eu penso sim, eu tenho vontade, curiosidade... Claro que precisa de toda uma organização, planejamento, então espero aproveitar o esporte ao máximo, quero crescer ainda mais, quero que a modalidade cresça junto comigo e acredito que o caminho do Youtube é vitorioso é a onda do momento”.

 

PERFIL

De São José do Rio Pardo, São Paulo, 42 anos, Alessandro Rosa Vieira – o Falcão – é o maior artilheiro de Copas do Mundo de Futsal. Pela Seleção brasileira, foram 401 gols marcados. Falcão já até arriscou jogar no campo, mas foi nas quadras que ele se tornou, considerado por muitos, o maior jogador de todos os tempos.

Cearense, 25 anos, Amanda Lyssa Crisóstomo – a Amandinha – é o maior destaque do futsal entre as mulheres nos últimos 5 anos. A ala-esquerda coleciona prêmios e títulos: são mais de 50 troféus. 

 

Ouça o áudio da entrevista na íntegra abaixo:

Áudio


Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias