FG ASSESSORIA

Blairo Maggi é contra a criação do Fundo de Estabilização Fiscal

Ministro prevê resistência a fundo para 'tampar rombo'.

em 13/03/2018

O ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) declarou que é contra a criação do Fundo Emergencial de Estabilidade Fiscal (FEEF), e que o Governo do Estado deve enfrentar resistência de alguns setores para implantar o Fundo, principalmente do agronegócio. Apesar de preferir não avaliar o projeto, Maggi disse que é preciso ver quais setores estariam dispostos a contribuir com o Executivo. A expectativa do Estado é de arrecadar até R$ 500 milhões em um ano para garantir o equilíbrio da máquina pública.

Para Maggi, os impostos existentes já são suficientes e o Executivo deve buscar outras formas de ampliar a arrecadação. O ex-governador  sugere como solução o endurecimento do combate à sonegação fiscal, que impede uma maior arrecadação. O ministro se refere a exemplos como a operação Crédito Podre, que desmantelou quadrilha de sonegadores que agia em MT e colocou a perspectiva de reaver milhões que deixaram de entrar no Tesouro estadual. A posição de Blairo agrada o setor que tem criticado a criação do Fundo.

Confira a entrevista feita pelo repórter Paulo Coelho:

Áudio

Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias