Estado descarta dois casos de Covid-19 que foram confirmados por prefeitura

Pacientes que tiveram resultado positivo em Rondonópolis e negativo no Lacen terão um terceiro exame realizado no RJ.

em 26/03/2020

Por Repórter MT

Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) tem o terceiro caso de coronavírus confirmado por um laboratório particular. O resultado saiu na noite desta quarta-feira (25), horas após o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, anunciar o resultado da contraprova dos dois primeiros casos, feita pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), com resultado negativo. Diante da divergência de resultados, os materiais genéticos dos dois primeiros pacientes serão enviados a um laboratório do Rio de Janeiro, para um terceiro teste. O caso confirmado ontem também terá que passar por contraprova no Lacen, uma vez que o laboratório particular não é credenciado para fazer exame do coronavírus.


Reprodução

Além destes três casos, o Lacen ainda realiza o teste do material genético de um idoso que morreu na madrugada de ontem no Hospital Regional de Rondonópolis. Embora um médico infectologista tenha atestado o óbito por pneumonia, a secretaria municipal de Saúde apontou que o idoso, que foi atendido primeiro na Unidade de Pronto Atendimento, tinha os sintomas de coronavírus e, inclusive, foi transferido para o Hospital Regional com todas as medidas preventivas para não infecção dos profissionais de saúde.

Em relação a esse idoso, o exame será feito diretamente pelo Lacen.

Hoje, além do Lacen, apenas o laboratório Carlos Chagas e o laboratório do Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, estão credenciados para fazer o teste do coronavírus. Em Rondonópolis, o laboratório da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) está em processo de credenciamento.

Além dos três casos confirmados por laboratório particular e da suspeita em relação à morte do idoso, Rondonópolis tem mais 28 casos em investigação.

Em Mato Grosso, de acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado na tarde de ontem, são 9 casos confirmados, sendo 6 em Cuiabá, 2 em Várzea Grande e um em Nova Monte Verde. Há ainda 326 casos suspeitos em investigação.

Os municípios com mais casos suspeitos hoje são Cuiabá (47), Várzea Grande (31), Sinop (29), Rondonópolis (28), Campo Verde (21), Tangará da Serra (17) e Campo Novo dos Parecis (11).

A secretaria municipal de Saúde de Rondonópolis ainda não se manifestou sobre os resultados do Lacen.

Ações diárias para ajudar a prevenir a propagação de vírus respiratórios:

Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente.

Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo. Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de vários vírus, inclusive o novo coronavírus.



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias