FG ASSESSORIA

Governo Federal acata renegociação da dívida de Mato Grosso

Maior débito é de investimento feito para a Copa do Mundo de 2014.

em 12/01/2018

O governador Pedro Taques (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (12) que a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) aceitou o pedido de renegociação da dívida de R$ 1,8 bilhão do Estado com a União. Ele informou já ter assinado o contrato nesta semana, o que garantirá alívio financeiro aos cofres de Mato Grosso de R$ 437,7 milhões em dois anos. “A STN aprovou a renegociação da dívida de Mato Grosso e outros 16 Estados, o que mostra que a crise não é somente do Estado, mas do Brasil”, disse o governador.

A dívida inicial era de R$ 2,1 bilhões, porém com o refinanciamento o débito com a União retroagiu para R$ 1,8 bilhão. Dessa forma, o Estado terá ganho de R$ 218,8 milhões somente em 2018 e de R$ 110 milhões anuais, durante 10 anos, com o alongamento da dívida para 240 meses. O refinanciamento representa a diminuição de 44% do fluxo de caixa anual da dívida pública com relação à aplicação da Lei Complementar Federal nº 148. Conforme Taques, o maior débito são dos investimentos feitos para a Copa do Mundo de 2014. Mato Grosso contraiu empréstimos de R$ 7 bilhões junto a autarquias do Governo Federal, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal (CEF).

Por: Folha Max

 


Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias