Lacen faz exame para confirmar se morte de idoso foi por coronavírus

O exame vai comprovar se a pneumonia foi provocada pelo novo vírus ou não.

em 25/03/2020

Por Repórter MT

Laboratório Central do Estado (Lacen) avalia amostra de material genético de idoso que faleceu na madrugada desta quarta-feira (25), em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), com suspeita de coronavírus. O resultado sai em 72 horas. A notificação do óbito foi feita pelo Hospital Regional de Rondonópolis (HRR) à Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde.  Conforme declaração de óbito, a causa da morte foi insuficiência respiratória aguda, pneumonia. O exame vai comprovar se a pneumonia foi provocada pelo novo vírus ou não.

Morador da zona rural de Rondonópolis, o idoso de 67 anos fazia parte da lista do município de pacientes sob suspeita de infecção pelo novo coronavírus, desde segunda-feira (23), quando deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com quadro de insuficiência respiratória.

Após estabilização na UPA, ele foi transferido para o Hospital Regional. A equipe médica da UPA recolheu material genético do idoso para teste da Covid-19, que foi encaminhado ao Lacen.

Rondonópolis tem dois casos suspeitos de coronavírus confirmados por laboratórios particulares e ainda não oficializados pelo Estado, porque aguardam exame de contraprova. Possui ainda 23 casos em investigação.



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias