FG ASSESSORIA

Neurilan diz que a má gestão pública é o grande problema da Saúde no Estado

em 17/08/2017

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga (PSD), acredita que falta transparência por parte das informações dadas pelo secretário de Saúde Luiz Soares sobre o acordo entre o governo e a Federação dos Hospitais Filantrópicos de Mato Grosso. "Ontem (quarta-feira) nós fizemos um levantamento através do Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças (Fiplan), e lá está claro que o Estado deve para os municípios, da atenção básica, R$ 34 milhões. O valor referente ao ano passado é de R$ 23 milhões. E deste ano de 2017, o secretário diz que atualizou, mas não está atualizado, e tem uma dívida de R$ 11 milhoes", argumenta Neurilan em entrevista ao Jornal da Capital.

Segundo Neurilan, o secretário Luiz Soares não participa das reuniões, pois, alega que esse assunto é "problema" da área econômica. O presidente da AMM também afirma que se o governo não marcar uma reunião para debater o assunto, a Associação acionará a justiça, caso haja meios legais. Por fim, Neurilan diz que o problema da Saúde Pública do Estado é a falta de gestão. "Eu espero que o Luizinho faça uma gestão controlada, mas ele não pode se esquecer que a dívida não é dele como gestor, e sim desse governo e do anterior. Tudo pode ser resolvido com diálogo", finaliza.

Confira a entrevista completa no áudio abaixo:

Áudio

Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias