Presidentes do Sindepo pede o pagamento imediato dos salários dos servidores

Constituição prevê pagamento até o dia 10 de dezembro.

em 14/11/2017

Os presidentes do Sindicato dos Delegados de Polícia de Mato Grosso (Sindepo), Wagner Bassi Junior, e da Associação Mato-grossense dos Delegados de Polícia (Amdepol), José Lindomar Costa, anunciaram que podem acionar o Govenro do Estado na Justiça caso seja confirmado o escalonamento dos salários dos servidores públicos. Nesta quinta-feira, as duas entidades enviaram um documento para os filiados anunciando as medidas caso os salários não sejam depositados nesta sexta-feira (10), prazo máximo dado pela Constituição para pagamento dos salários.

A Constituição Estadual diz que o pagamento da remuneração dos servidores públicos deve ocorrer até o dia 10 do mês seguinte ao trabalhado. Ainda no texto, no parágrafo primeiro, é informado que “o não pagamento até a data prevista importará na correção do seu valor”.

Nos bastidores, as informações são de que os salários referente ao mês de outubro serão pagos em três etapas. Nesta sexta-feira, prazo legal para pagamento de toda a folha salarial, devem receber os servidores que recebem até R$ 5 mil. Já quem ganha entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, deve ficar para segunda-feira, 13. Os que ganham mais de R$ 10 mil, no dia 14.

No documento, os delegados afirmam estar acompanhando a situação e em contato direto com secretarias  de Gestão (Seges), Fazenda (Sefaz) e Casa Civil. A categoria, caso se confirme a informação, receberá apenas na última data do escalonamento. “Estamos acompanhando para verificar a veracidade e lutar para impedir que ele venha a acontecer”.

Ouça a reportagem de Dalila Rodrigues:

Áudio

Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias