FG ASSESSORIA

''Quebra de acordo da bancada pode atrasar Pronto Socorro'', diz vereador Paulo Araújo

Confira a entrevista completa.

em 20/10/2017

O Jornal da Capital - 1ª edição recebeu nesta sexta-feira (20), o vereador por Cuiabá, Paulo Araujo (PP), que vai falou sobre sua indignação com a manobra da bancada federal que retirou R$ 32 milhões de reais que seriam destinados para o novo Pronto Socorro de Cuiabá. Segundo o vereador, foi desleal o que a bancada federal fez, contendo 8 deputados federais e 3 senadores, pois havia um acordo de uma emenda conjunta entre eles para a nova unidade. O vereador lamenta ainda que com toda essa mudança no recurso financeiro que não estava previsto, o andamento da obra ficará prejudicado.

“Inicialmente havia um compromisso juntamente com o Ministério da Saúde em que R$ 80 milhões fossem encaminhados para Cuiabá, dando inicio a aquisição de materiais hospitalares, mas isso não foi cumprido”, disse.

Ele explica que do montante de R$ 80 milhões, R$ 30 milhões serão retirados para pagar irresponsabilidade do governo com os municípios, ou seja, a falta de repasse aos hospitais regionais. "Cuiabá já carrega um passivo muito grande por parte do governo do Estado por essas faltas de repasses", desabafa.

Assista a entrevista completa no vídeo abaixo:

 


Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias