FG ASSESSORIA

Saiba como escolher frutos do mar e peixes de forma correta

são alimentos também evitados por serem fáceis de estragar ou causar alguma intoxicação

em 07/03/2018

Os peixes e frutos do mar são quase unanimidade no paladar, se você não for portador de alguma alergia, claro. Contudo, são alimentos também evitados por serem fáceis de estragar ou causar alguma intoxicação alimentar.

Para evitar tais problemas, a solução é consumir apenas produtos que estiverem frescos ou plenamente congelados, dentro do prazo de validade e nunca de procedência duvidosa. O site UOL deu algumas dicas de como escolher tais alimentos. Veja abaixo:

Peixes

Quando estão frescos não exalam cheiro --ou possuem apenas um leve aroma marinho. Sua carne deve estar úmida, firme e resistente ao ser pressionada. As escamas precisam estar bem aderidas à pele e as barbatanas e cauda devem ser flexíveis e inteiras. Os olhos devem estar brilhantes e as guelras também devem estar levemente rosadas ou avermelhadas.

Camarões

O crustáceo precisa estar com a carapaça transparente e olhos negros e brilhantes. Veja ainda se a carne é firme, de cor branco-acizentada, e sempre lembre que devem ser preparados para consumo no mesmo dia da compra. Se a ideia for congelá-los, limpe-os bem, retire suas cabeças e lacre a embalagem que irá ao congelador.

Ostras

Veja se possuem conchas duras que, quando pressionadas, não provocam som. A carne é sólida, de cor clara e brilhante e sem sujeiras.

Lagostas

O melhor é adquiri-las ainda vivas. Ao comprar de frigoríficos, observe a direção da cauda. Se estiver em sentido horizontal, indica que foi cozida após ser morta, o que é errado. Siris, guaiamum e caranguejos também devem estar vivos até o momento do cozimento.

*MSN


Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias