FG ASSESSORIA

Secretário de Fazenda informa aos Poderes que 20% de contingenciamento não será suficiente

Rogério Gallo diz que essa é a solução para não haver uma 'tragédia fiscal'.

em 08/02/2018

Resultado de imagem para rogerio gallo

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (PSB), e o presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Rui Ramos, foram informados pelo secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo que o valor do contingenciamento do duodécimo dos Poderes para equilibrar as finanças e o fluxo de caixa do Estado não será suficiente. O Estado precisará mais do que os 20% de retenção do orçamento dos Poderes e dos demais órgãos como Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Defensoria Pública. 

Porém, o Tribunal de Justiça e a Assembleia Legislativa não concordaram com a proposta. Já o Ministério Público e o Tribunal de Contas apoiaram a proposta do governo.

Ouça a reportagem de Paulo Coelho à Rádio Capital:

Áudio


Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias