FG ASSESSORIA

Wilson desafia Janaina renunciar o mandato caso não consiga provar o desvio de R$ 56 milhões na Seduc

Houve bate-boca entre os deputados durante sessão plenária.

em 12/04/2018

Os deputados estaduais Wilson Santos (PSDB) e Janaína Riva (MDB) travaram uma discussão na sessão plenária da noite de ontem (10), na Assembleia Legislativa de Mato Groso. O parlamentar, sem muitos argumentos para defender o governo das acusações de cobrança de propina no âmbito da Secretaria de Educação, na "Operação Rêmora", disse que renunciaria ao cargo caso tivesse ocorrido desvio de R$ 56 milhões e desafiou a deputada a fazer o mesmo, caso não exista o "roubo". Em resposta, Riva disse que jamais deixaria o cargo pelo compromisso que tem com seus mais de 48 mil eleitores, destacando que a denúncia não é dela e sim do Ministério Público Estadual (MPE) e vem sendo apurado pela justiça.

O fato é que o Ministério Público investigou as empresas que participaram do processo licitatário na ordem de R$ 56 milhões, em 2015. As acusações, que inclusive já se tornaram processo na esfera penal, apontam que as empresas fizeram um acordo para direcionar os procedimentos licitatórios com o apoio de servidores públicos da Seduc e também com a participação do então secretário Permínio Pinto, que na época era do PSDB. Permínio, inclusive, em depoimento a Justiça, pediu desculpas à família e a sociedade pelos fatos ocorridos.

Ouça a reportagem de Camila Piacenti:

Áudio

Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias