A adolescente havia passado o produto nas mãos para se proteger do novo coronavírus

Adolescente sofre queimaduras de 2º grau em acidente com álcool em gel em Cuiabá

Por Fabiana Mendes - OLhar Direto

Rhaiane Gabrielly de Arruda, de 13 anos, teve queimaduras de primeiro e segundo grau em todo corpo após sofrer um acidente com álcool em gel, no último domingo (29), no bairro Altos da Serra, em Cuiabá.  A adolescente havia passado o produto nas mãos para se proteger do novo coronavírus.

Adolescente sofre queimaduras de 2º grau em acidente com álcool em gel em Cuiabá
Reprodução OD

Segundo informações de familiares, o acidente ocorreu quando Rhaiane estava na casa do tio, na companhia dos primos. Na ocasião, não havia nenhum adulto na residência.
 
A mãe da garota contou que Rhaiane passou álcool em gel nas mãos e no braço. A prima, que possui a mesma idade, estava com a garrafa do produto, derramou o gel na mesa e começou a brincar de escrever nomes. Posteriomente, ela colocou fogo. 
 
"Minha filha tinha os cabelos longos e cacheados e estava próxima da mesa, por isso o rosto, pescoço e o tórax dela foram os mais atingidos pelo fogo”, contou a mãe da vítima, Danieli Maria de Arruda.
 
Rhaiane está internada no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e seu estado de saúde é considerado estável. Quando sair da unidade, a garota deverá passar uma longa recuperação, por conta dos ferimentos na pele.

Para auxiliar no tratamento, amigos e familiares estão com uma campanha para sortear uma cesta com chocolate. Além da rifa, quem quiser ajudar com medicamento, alimentos e material de higiene pode entrar em contato com a mãe de Rhaiane, que possui outras duas filhas, e está desempregada.

O telefone para contato é (65) 99259-3735.

Leia também

Deixe seu comentário!