DEM articula para federais Fábio Garcia e Muniz e tenta Francis Maris e Natasha Slhessarenko

Para a disputa para estadual, Julio afirmou que o partido tem se articulado, mesmo que ainda de forma mais lenta.
Foto: Diego Nunes

O ex-governador Júlio Campos confirmou que o Democratas em Mato Grosso já trabalha os nomes do ex-deputado federal e presidente regional da sigla Fábio Garcia e do ex-candidato a prefeito em Rondonópolis Thiago Muniz para disputar vagas na Câmara Federal ano que vem. Outras lideranças que estão na mira da sigla é do ex-prefeito de Cáceres Francis Maris, que hoje está no PSDB, mas pode vir a migrar para o DEM.

Segundo Júlio Campos, a candidatura de Fábio Garcia é natural e o partido aguarda resposta dos convites feitos a Francis Maris e Natasha Slhessarenko. “Temos o nome do ex-candidato a prefeito em Rondonópolis Thiago Muniz, que é um nome possível candidato a deputado federal e também temos um convite para o ex-prefeito de Cáceres, que é do PSDB, mas que pode vir para o DEM, o Francis Maris, para ser federal na coligação nossa. Além do Fábio Garcia que é um candidato natural e também convidamos a médica doutora Natasha Slhessarenko para ser um bom nome para Câmara dos Deputados”, explicou o democrata, durante entrevista ao Jornal da Capital 1ª edição desta terça-feira (22.06).

Para a disputa para estadual, Julio afirmou que o partido tem se articulado, mesmo que ainda de forma mais lenta e tem nomes em várias regiões do Estado. “Em Várzea Grande temos três nomes possíveis candidatos. Um deles certeza que é o Eduardo Botelho, que já é candidato. Outro nome que está sendo comentado é meu próprio nome, que vai depender dos acontecimentos daqui pra frente. Vai depender do posicionamento político. E o terceiro nome é do vereador atual presidente da Câmara Fábio Tardin, esse sim é candidato. Já temos o ex-deputado Wagner Ramos na região de Tangará. Baiano Filho na região do Araguaia que está preparando”.

Recentemente, as principais lideranças do partido se reuniram para discutir as articulações com foco na reeleição do governador Mauro Mendes (DEM). Na oportunidade, o presidente Fábio Garcia reafirmou a estratégia da sigla em eleger pelo menos dois federais e cinco estaduais. “Já fizemos a reunião há poucos dias atrás e já ficou definido que a partir de julho o ex-deputado Fábio Garcia tem compromisso de pelo menos um dia da semana ele ficar em Cuiabá e atender ao partido e as atividades políticas partidárias”, comentou Julio.

Leia também

Deixe seu comentário!