saiba mais

Evento de boxe sem luvas vai oferecer R$ 110 milhões a Mike Tyson e pensa em luta com Wanderlei Silva

Mike Tyson e Wanderlei Silva

© Arte ESPN Mike Tyson e Wanderlei Silva

O Bare Knuckle Fighting Championship, evento de boxe sem luvas, vai oferecer um contrato de mais de 20 milhões de dólares (R$ 110 milhões na cotação atual) para tirar Mike Tyson da aposentadoria. A proposta foi revelada ao site “MMA Fighting”.

Segundo o presidente da organização, David Feldman, a oferta também terá bônus que incluirão doações. A proposta, porém, ainda estaria sendo finalizada. Entre os possíveis rivais para a lenda do boxe, está o brasileiro Wanderlei Silva.

Desde que Tyson sinalizou que poderia voltar a lutar, diversos promotores de evento têm se mobilizado para fazer um combate acontecer e também vários lutadores têm se oferecido para serem possíveis oponentes do ex-campeão.

Tito Ortiz e Ken Shamrock, membros do Hall da Fama do UFC, por exemplo, estão entre esses. Feldman, no entanto, desmentiu que teria feito uma oferta ao primeiro e disse preferir um lutador como Wanderlei Silva, ex-campeão do Pride, para o duelo.

“Eu não ofereci isso (a Ortiz). Não sei se casaria. Eu acho que um Wanderlei Silva, alguém desse tipo. Não importa o quão velho Silva fique, ele é perigoso, e acho que seria um casamento intrigante”, disse o presidente do Bare Knuckle FC.

Apesar de citar o brasileiro, Feldman ressaltou que a ideia de ter Tyson contra Wanderlei Silva ainda não passa disso. “Alguém assim, mas ainda não tenho nada em mente agora.”

Wanderlei Silva fez sua última luta em 2018, perdendo por nocaute no segundo round para o seu antigo rival de Pride e UFC Quinton “Rampage” Jackson. Também foi desafiado para uma revanche por Ortiz (eles se enfrentaram em 2000), que lutou pela última vez em dezembro.

“Primeiro, quero ver se podemos fazer essa coisa do Mike acontecer, ponto, e depois vamos começar a falar de adversários. Não tivemos sucesso ainda com Mike, mas não acho que a porta esteja fechada. Ele disse não imediatamente, mas acho que há espaço para negociar.”

Tyson, que se aposentou do boxe em 2005, tem alimentado rumores de um retorno ao boxe mostrando seus treinos nas redes sociais e já tendo falado abertamente sobre a possibilidade de uma luta com fundos revertidos para doações. Uma revanche com o lendário rival Evander Holyfield é uma dessas possibilidades.

Segundo Feldman, o Bare Knuckle FC retomará suas atividades em 26 de junho, com medidas de segurança reforçadas contra o coronavírus. O local do próximo evento, porém, ainda não foi definido.

Leia também

Deixe seu comentário!