Funcionária da CDL morre após ser atropelada por caminhão

Bruna pilotava uma Honda Biz vermelha e teve a cabeça esmagada pelo caminhão
Foto: João Ricardo/Cenário MT

Bruna Mayara da Silva, de 19 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (21.07), após se envolver em um acidente de trânsito. Ela pilotava uma Honda Biz vermelha, quando foi atropelada por um caminhão e teve a cabeça esmagada, no cruzamento da rua Viena com Mutum, no bairro Jardim Europa, em Lucas do Rio Verde (distante a 334 km de Cuiabá). Conforme informações, o acidente teria acontecido no instante em que a jovem estaria indo trabalhar. Ela era funcionária da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) do município.

Acredita-se que os dois veículos estavam seguindo na mesma direção, sentido rua Mutum. A polícia está investigando o acidente. Bruna teria tentado ultrapassar o caminhão, quando aconteceu o atropelamento.

O condutor do veículo ainda parou e tentou socorrer a jovem, mas, sem sucesso. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada, mas, ao chegar, apenas constatou a morte de Bruna. Ele foi conduzido a uma delegacia da cidade, onde prestará esclarecimentos.

O corpo de Bruna foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde deve passar por necropsia e procedimentos fúnebres.

Por meio de nota, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Lucas do Rio Verde lamentou a morte da funcionária e comunicou que não abrirá o atendimento ao público nesta quarta.

Funcionária da CDL morre após ser atropelada por caminhão Funcionária da CDL morre após ser atropelada por caminhão

Leia também

Deixe seu comentário!