“Foco deve ser no trabalho e não em briga política”, diz Geller sobre áudio vazado

De acordo com o parlamentar, o áudio foi utilizado fora do contexto.
Foto: Reprodução

Pelas redes sociais o deputado federal Neri Geller (PP) justificou o áudio vazado em um grupo de WhatsApp durante agenda com o governador Mauro Mendes (DEM), nesta quinta-feira(29.07). 

De acordo com o parlamentar, o áudio foi utilizado fora do contexto e sua própria trajetória política comprova uma atuação pautada no trabalho e no respeito. 

“No áudio eu havia feito referência ao extremismo (que sempre defendi e defendo) como antidemocrático e doentio, sim!”. Até porque, meu mandato está alinhadíssimo com o Governo, inclusive, nas pautas consideradas mais polêmicas”. 

Neri disse ainda que todo debate extremamente politizado acaba sendo prejudicial. “Ninguém ganha com isso. Aliás, a sociedade perde nos avanços que deixam de acontecer por briga ideológica”.

O deputado federal já foi ministro da Agricultura e secretário de Política Agrícola do Mapa, cargos que o credenciaram a ser um dos parlamentares mais bem articulados da bancada de Mato Grosso em Brasília. 

Prova disso, foi a empreita vitoriosa de colocar Artur Lira na presidência  da Câmara dos Deputados. O PP se posiciona ainda mais forte junto ao Governo Bolsonaro com a indicação recente de Ciro Nogueira para assumir a Casa Civil.

“Então, continuo pautando minha vida política no trabalho, e quem me conhece sabe que eu não vivo em cima de palanque fazendo discurso de ódio pra quem quer que seja! Meu foco é em resultados”, disse.

Leia também

Deixe seu comentário!