O candidato pelo PSL diz que a renúncia do seu vice foi sim motivada por promessa de cargos na prefeitura.

‘’Abílio acha que já é prefeito de Cuiabá e negocia secretarias com partidos políticos’’, diz Aécio

Em entrevista à rádio Capital FM na última segunda-feira (26), o candidato à prefeitura de Cuiabá, Abílio Junior (PODEMOS) disse que a renúncia ao cargo de vice na chapa do PSL e posterior anúncio de apoio à sua candidatura pelo Professor LAC (PRTB) se deu de forma natural. Segundo Abílio, o “professor Lac veio porque quis vir”.

Para Aécio Esse argumento se desfez após o próprio Abílio aparecer em um vídeo ao lado do professor garantindo que LAC não fará parte dos trabalhos apenas no período de campanha, mas que continuará na equipe para ajudar a gerir a Prefeitura de Cuiabá.

“A verdade é uma só, fui covardemente apunhalado pelas costas. O Abílio acha que já é prefeito de Cuiabá e negocia secretarias com partidos políticos. O Professor LAC falou que a sua decisão foi por motivos de ordem pessoal, mas acho que o vídeo serve para trazer à tona interesses nada “republicanos” e bem característicos dos políticos de carreira que Abílio tanto crítica”, diz Aécio. 

O candidato pelo PSL ressaltou ainda que Abílio Junior só é novo em idade e tempo na política, pois não existe nada mais velho do que oferecer cargos em troca de apoio.

“Eu acreditava, assim como a população, que Abílio era uma pessoa nova, que queria renovar a política. Ainda bem que tudo está ficando claro antes da eleição, para vermos que ele está enganando a população. Promete muitas coisas, tem discurso bonito se coloca como novo, mas de novo mesmo ele só tem a cara”, finaliza o candidato Aécio.

Leia também

Deixe seu comentário!