Menino de 11 anos passa mal após jantar e morre

Ao ser encontrado, a criança espumava grande quantidade de um conteúdo pela boca
Foto: Reprodução

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Capital foi acionada na noite desta quarta-feira (28/07) para liberar o corpo de uma criança de 11 anos, identificada como Guilherme Ulhoa Xavier, que passou mal e foi a óbito após jantar. Conforme informações do boletim, ao ser encontrado, o menino espumava uma grande quantidade de um conteúdo pela boca, misturado com sangue, esfíncter anal e hipotomia. A apuração está em fase inicial e nenhuma hipótese está descartada, inclusive envenenamento.

No boletim de ocorrência mostra que a equipe do DHPP foi acionada por volta das 21h40 desta quarta-feira para liberar o corpo de uma criança no bairro Ribeirão da Ponte, em Cuiabá. Já no local, o pai da criança relatou aos policiais que a família foi jantar em um restaurante da cidade, e logo em seguida o menino foi jogar vídeo game, momento em que passou mal e foi encaminhado para um hospital particular.

Na unidade hospitalar, o menino deu entrada já sem os movimentos respiratórios e apresentava uma grande quantidade de espuma na boca, além de sangue. A equipe médica chegou a realizar o protocolo de reanimação, porem a vitima não resistiu e foi a óbito.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) apura o caso. A investigação ainda está no início. O corpo de Guilherme foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e deve passar por exame de necropsia a fim de identificar a causa da morte. Por enquanto, o óbito está sendo tratado como morte a esclarecer, sem indícios de crime.

Leia também

Deixe seu comentário!