Morre mãe da primeira-dama Virgínia Mendes

Dona Eurides Gomes da Silva estava internada em um hospital de Cuiabá

Faleceu na noite desta segunda-feira (03.05) dona Euridice Gomes da Silva, 78 anos, mãe da primeira-dama de Mato Grosso,  Virginia Mendes. Ela estava internada em uma UTI de um hospital particular de Cuiabá.

Foi confirmada a reinfecção pela doença COVID-19 em dona Euridice. 
 

Nesta segunda-feira, a primeira dama se emocionou e estava visivelmente abalada com a internação da mãe ao discursar na entrega de cartões do programa "Ser Família Emergencial" para famílias carentes da capital.

Dona Eurides voltou a ser internada na manhã de sexta-feira (30.04). No dia 20 de abril ela teve alta após 9 meses internada, em São Paulo, em tratamento contra a covid-19.

Ela havia sido internada em julho de 2020 após ser diagnosticada com doença. Foi transferida para São Paulo, onde realizou fez o tratamento em um hospital particular. Ela ficou 9 meses internada, sendo 7 deles intubada.

O Governo de Mato Grosso lamentou, por meio de nota, o falecimento de dona Euridice.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, externou condolências à primeira-dama, ao governador Mauro Mendes e todos os familiares. Como amigo da família, ele fez questão de destacar o quanto dona Euridice era querida por todos os que a conheciam.

"Dona Euridice foi uma pessoa extremamente alegre, divertida e que fazia questão de agradar a todos. O que ela mais gostava era de reunir a família e ter todos por perto. Estou muito triste com o falecimento dela e eu e toda minha família vamos sentir muita falta de ter a companhia dela em nossos encontros. Era uma pessoa muito religiosa e, por isso, tenho certeza de que irá descansar nos braços de Deus. Estamos todos em oração para que Deus dê conforto a Virginia, ao Mauro e aos netos. É uma perda irreparável para toda a família e amigos", disse Mauro Carvalho.

 

 

Leia também

Deixe seu comentário!