Empresas como Renner, Granado e Vivara se juntam aos grupos Arezzo, Inbrands e Natura & Co na luta contra o avanço do coronavírus

No Brasil, marcas de moda e beleza investem no combate à Covid-19

*metrópoles - ILCA MARIA ESTEVÃO

Campanha Arezzo

GUI PAGANINI/AREZZO/DIVULGAÇÃO

Enquanto governantes, profissionais da saúde e pesquisadores lutam incessantemente para salvar milhares de vítimas que o surto de coronavírus faz pelo mundo, marcas e celebridades internacionais têm se mobilizado para ajudar a controlar o avanço da Covid-19. No Brasil, embora ainda tímida, essa movimentação ganhou força no decorrer desta semana, com algumas labels de moda e beleza investindo em ações de combate e doações de itens de proteção individual. Inspiradas por etiquetas como L’OréalH&MPronovias e Crocs, os grupos Arezzo, Natura e Inbrands, bem como as empresas Renner, Vivara, Granado, Amend, Brandili, TZE e Cansei Vendi, anunciaram ações que prometem amenizar a crise causada pelo coronavírus em alguns estados do país.

REPRODUÇÃO

Em âmbito internacional, a L’Oréal começou a usar suas instalações para produzir desinfetante de mãos e gel hidroalcoólico

 

CHUKRUT BUDRUL / ECHOES WIRE/BARCROFT MEDIA VIA GETTY IMAGESMulher passando de máscara cirúrgica na frente de uma loja da H&M

A sueca H&M forneceu equipamentos de proteção individual para hospitais e profissionais de saúde

 

@CROCS/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

pessoa na cama com crocs

A Crocs chega a doar 10 mil pares por dia aos médicos e enfermeiros que atuam na luta contra o vírus

 

Lojas Renner

Além de suspender as demissões por justa causa desde que fechou todas as suas lojas físicas, no dia 20 de março, a Renner, por meio de seu braço social, o Instituto Lojas Renner, vai dedicar R$ 4,1 milhões ao custeio de suprimentos básicos no tratamento da Covid-19. Voltado à região Sul, onde fica a sede da empresa, o investimento contemplará os hospitais São José e São Donato, em Santa Catarina; Conceição e Clínicas, em Porto Alegre; e InCor, em São Paulo.

CORTESIA/RENNER

A Renner já desembolsou R$ 4,1 milhões para ajudar as vítimas do surto de coronavírus

Parte do valor ainda será direcionado à comunidade do bairro Bom Jesus, na capital gaúcha. Por lá, a marca pretende assegurar a renda de recicladores, costureiras, crianças e adolescentes que são assistidos pelo Instituto Lojas Renner. “Queremos reafirmar o compromisso em agir, dentro do que estiver ao alcance da companhia, em um esforço coletivo, para a contenção e enfrentamento da pandemia. Estamos presentes em todo o Brasil e nossa principal preocupação neste momento é com a população”, salienta Fabio Faccio, diretor-presidente da Renner, em comunicado.

Riachuelo

Depois de entregar 10 mil aventais hospitalares às secretarias de Saúde de São Paulo e do Rio Grande do Norte, a Riachuelo, que detém o maior parque fabril da América Latina, fortaleceu a luta contra o coronavírus doando mais 30 mil equipamentos de proteção individual, entre máscaras, toucas e jalecos médicos.

Fabricados com as marcas de tecido Vicunha, Coteminas e Berry, parceria comercial que ofereceu mais de 6 mil metros de matéria-prima à ação, os itens serão distribuídos pelos órgãos de saúde pública em diversos estados do país.

DIVULGAÇÃO/CAMPANHA RIACHUELO E À LA GARÇONNE

Mais de 40 mil itens de proteção individual já foram confeccionados pela Riachuelo

Arezzo & Co

O grupo Arezzo & Co, detentor das etiquetas Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever e Alme, está produzindo 25 mil máscaras cirúrgicas para proteger os habitantes e profissionais da saúde da região do Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul. A orientação técnica para a produção dos equipamentos foi dada pela Secretaria de Saúde do estado, enquanto os tecidos foram doados por fornecedores da região. Ao todo, 12 fábricas cederam seus maquinários para que um grupo de voluntários produzisse os itens.

DIVULGAÇÃO/AREZZO X PANTONE

A Arezzo está fabricando 25 mil máscaras para a região do Vale dos Sinos (RS)

“Em um cenário de tantos desafios, a união é a grande arma secreta para vencermos. Pensando nisso, a Arezzo & Co mobilizou fornecedores de tecidos, fábricas e a Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul para produzir 25 mil máscaras de proteção”, declarou a empresa em comunicado.

 

Grupo Inbrands

Em parceria com o Instituto Alicerce, o grupo Inbrands, dono das etiquetas Ellus, Richards, VR, Bobstore, Salinas e Ellus Second Floor, vai doar kits de higiene e alimentação a famílias de baixa renda.

Desde sábado (28/03), 10% de todas as compras realizadas nos e-commerces das labels são destinadas à elaboração das cestas, criadas com produtos comprados em pequenos comércios. A medida pretende garantir que os empresários independentes também tenham algum tipo de assistência, diminuindo o impacto econômico nas comunidades carentes.

ZÉ TAKAHASHI

Detentor da Ellus, o conglomerado Inbrands optou por financiar kits de higiene pessoal

 

Natura & Co

O grupo Natura & Co, que abrange as marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop, se uniu ao Grupo São Martinho para produzir 15 mil quilos de álcool em gel e 150 mil litros de álcool 70%. Uma fábrica localizada em São Paulo irá desenvolver os frascos, que serão encaminhados aos postos de saúde da cidade.

@NATURABROFICIAL/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Campanha Natura

A Natura, junto às filiadas Avon, The Body Shop e Aesop, está focada na fabricação de hidroalcoólicos

Além disso, todos os parques industriais do conglomerado foram instruídos a aumentar a produção de sabonetes, com intuito de abastecer as comunidades carentes localizadas próximo às operações brasileiras, em São Paulo, no Pará e na Bahia. Ao todo, 2,8 milhões itens serão doados gratuitamente.

“Também estamos coordenando entregas para comunidades extrativistas na Amazônia e projetos sociais que apoiamos. As distribuições serão realizadas com a ajuda de nossos parceiros e times internos de sustentabilidade, operações e logística”, diz um informativo do grupo.

DIVULGAÇÃO

Parte do grupo, a Avon também disponibilizou sua produção

 

Grupo Morena Rosa

O conglomerado que dirige as etiquetas Morena Rosa, Iódice, Lebôh, Zinco e Maria Valentina iniciou suas ações de combate a partir das comunidades localizadas próximo a sua sede. Inicialmente, o grupo cedeu 560 máscaras à Santa Casa de Cianorte, no Paraná, e depois se propôs a ajudar o governo do estado com mais 7 mil protetores de face.

@RUPOMORENAROSA/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Grupo Morena Rosa

O grupo Morena Rosa se comprometeu com algumas cidades do Paraná, onde fica sua sede

Granado

Em parceria com Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a Granado irá ceder 1,4 mil litros de sabonete líquido a cinco ONGs localizadas em favelas do Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense. Entre as instituições agraciadas, estão a Agência Redes para Juventude/SAAF, o projeto Eu Vivo Favela, o Observatório de Favelas, a Luta pela Paz e a Visão Mundial.

REPRODUÇÃO

A Granado destinará 1,4 mil litros de sabonete líquido a ONGs do Rio de Janeiro

Vivara

Ao lado da Cruz Vermelha Brasileira, a Vivara irá providenciar 10 mil kits de higiene pessoal para unidades de saúde, centros de acolhimento de idosos e moradores de rua das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, as mais afetadas pelo surto de coronavírus. O conjunto ofertado pelas instituições traz frascos de álcool em gel, sabonete antibacteriano, máscara de proteção individual e um folheto com os protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

DIVULGAÇÃO/LIFE BY VIVARA

A joalheria Vivara também investe em kits de higiene pessoal

Amend

Até o dia 30 de março, a label de cosméticos Amend se comprometeu a doar 32 mil frascos de álcool em gel a 60 instituições de São Paulo, em parceria com as empresas Softcolor, Aqia, Slip e JCLOG. Os itens serão produzidos na fábrica da empresa, em Diadema, e depois distribuídos em pontos como os hospitais São Paulo, Santa Casa e Pérola Byington, os asilos Instituição Assistência Nosso Lar e Abrigo Bezerra de Menezes, e a Central Única de Favelas (Cufa).

@AMEND_OFICIAL/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Amend produz álcool em gel para combater coronavírus

A marca de cosméticos Amend destinará 32 mil frascos de álcool em gel a 60 instituições de São Paulo

Cansei Vendi

Por meio do projeto brasileiro Techs for Testing, o e-commerce Cansei Vendi destinará 10% de suas vendas a compras de equipamentos de proteção individual e testes de resultado rápido, além de ajudar em estudos que buscam desenvolver vacinas e remédios contra o coronavírus. Durante o isolamento social, a marca tem entretido seus seguidores do Instagram com lives sobre empreendedorismo. “Sempre falamos de sustentabilidade e de ajudar o meio ambiente, mas, para isso, precisamos que todos estejam bem e conscientes da necessidade de resolver essa pandemia primeiro”, afirma Leilane Sabatini, fundadora da marca.

@CANSEI_VENDI/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Cansei Vendi doa 10% de seus lucros ao combate do coronavírus

O Cansei Vendi direciona 10% de seus lucros ao combate do coronavírus

TZE

A TZE, que além de sua marca homônima possui as etiquetas No Stress e Oui La Vie, está doando 1,5 mil máscaras aos colaboradores e profissionais da saúde do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Junto aos itens, os contemplados recebem um guia com orientações de uso e cuidados a respeito do produto, que é reutilizável e lavável. A empresa têxtil lembra, inclusive, que o protetor facial não substitui os cuidados de higiene pessoal.

TZE/DIVULGAÇÃO

Máscaras TZE

As máscaras fabricadas pela TZE

Von Trapp

A Von Trapp, label que integra a plataforma de novos talentos do Veste Rio, trabalha na produção de 1 mil máscaras, criadas a partir de tecidos doados pela tecelagem Fio Bom. Os equipamentos de proteção serão distribuídos em postos de saúde.

MICHAEL MELO/METRÓPOLES

Marcelo von Trapp, da label que leva seu sobrenome, fabricou 1 mil máscaras para a população

Grupo Dass

O conglomerado de Ivoti (RS), responsável pela fabricação de alguns produtos Fila no Brasil, decidiu criar 35 mil máscaras de proteção e 450 jalecos, que serão fornecidos gratuitamente a hospitais e postos de saúde da região. A empresa comunicou a iniciativa por meio de suas redes sociais. “Como forma de agradecimento e contribuição por tudo o que os profissionais da saúde estão fazendo pelo bem da nossa sociedade e nosso país, entendemos que podemos ajudar na prevenção do coronavírus”, informou em um post no Instagram.

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGES

Responsável pela fabricação de algumas peças da Fila no Brasil, o grupo Dass contribuiu com 35 mil máscaras e 450 jalecos

Klin

Antes de suspender as atividades de suas quatro fábricas, a marca de calçados infantis Klin confeccionou 4 mil máscaras, dedicadas a colaboradores, suas famílias e algumas instituições que atendem idosos e moradores de rua.

@KLIN_OFICIAL/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Campanha Klin

A etiqueta infantil Klin deixou 4 mil máscaras prontas antes de interromper suas atividades

Brandili

Além de produzir conteúdos voltados ao entretenimento infantil, o Grupo Brandili doou 150 respiradores e dezenas de luvas de seu estoque às prefeituras de Apiúna e Otacílio Costa, em Santa Catarina. Com o gesto, a marca garantiu o suprimento dos profissionais de saúde dos municípios por um mês.

@BRANDILITEXTIL/INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Campanha Brandili

A etiqueta infantil Brandili reabasteceu os estoque de máscaras e luvas das prefeituras de Apiúna e Otacílio Costa

Parabéns às marcas brasileiras que estão tentando amenizar os impactos negativos deste período de pandemia! Que sirvam de exemplo para outras iniciativas de apoio e solidariedade.

Colaborou Danillo Costa

Leia também

Deixe seu comentário!