Ele morreu no último dia 20 de maio, e sofria de doença pulmonar crônica e hipertensão.

Novo exame confirma que reeducando morreu de coronavírus; outros 7 infectados na cadeia

Por Isabela Mércuri

O reeducando Antônio Machado Jesus, 76 anos, que faleceu na Cadeia de Alta Floresta na última quarta-feira (20), teve o diagnóstico da morte confirmado pelo novo coronavírus (Covid-19). A informação foi divulgadapela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária. Ele morreu no último dia 20 de maio, e sofria de doença pulmonar crônica e hipertensão.
Processo Seletivo do Hospital Regional de Alta Floresta é suspenso ...
Reprodução

O reeducando foi atendido na segunda-feira (18), na unidade, com sintomas de gripe, além de náuseas e vômito, e foi encaminhado ao Hospital Regional de Alta Floresta. O primeiro teste rápido para a Covid-19 deu negativo já na terça-feira (19), quando ele teve alta.

No entanto, o homem voltou a passar mal na quarta-feira (20), quando foi reencaminhado ao Hospital Regional de Alta Floresta, e colocado na mesma ala em que ficam os pacientes tratados com coronavírus. Ali, ele fez um novo exame laboratorial para possível detecção de Covid-19. Dias depois, houve a confirmação da morte do preso pelo novo coronavírus.

Outros sete recuperandos da Cadeia de Alta Floresta também testaram positivo para a Covid-19. Cinco deles apresentam sintomas leves e estão isolados dos demais, dentro da própria unidade. Dois estão hospitalizados na rede pública do município.

Outro confirmado com a Covid-19, de Tangará da Serra é um andarilho que fugiu do hospital, foi preso pela Polícia Militar e descoberto que estava com mandado de prisão em aberto em Goiás. Ele está isolado no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Tangará da Serra e aguarda o resultado da contraprova. A Justiça de Tangará da Serra determinou pelo recambiamento dele para o estado de Goiás.

A Secretaria Municipal de Saúde de Alta Floresta realizou testes nos reeducandos da Cadeia Pública no último sábado (23), e aguarda resultados. Uma nova enfermaria será instalada na unidade nesta sexta-feira (29) e uma enfermeira será removida para ficar por 30 dias em Alta Floresta.

Na cidade, três policiais penais tiveram a doença, já estão curados e voltaram a trabalhar. Outros três policiais penais que testaram positivo para a Covid-19 estão em isolamento domiciliar.

Casos

Atualmente, Mato Grosso tem 49 óbitos confirmados pelo novo coronavírus, e 1909 infectados. A morte do reeducando já estava contabilizada no boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES).
 

Leia também

Deixe seu comentário!