saiba mais

Palmeiras passa sufoco, é dominado pelo River Plate, mas consegue a vaga para a final da Libertadores

*Rafael Marson

                     

                     _Foto Reprodução

O Palmeiras está na final da Libertadores! O Verdão foi derrotado pelo River Plate por 2 a 0, no Allianz Parque, mas a vitória no jogo de ida, por 3 a 0, foi decisiva o Verdão está na grande decisão do dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã.

O Verdão teve um primeiro tempo muito apagado, e o River aproveitou o nervosismo e lentidão dos mandantes para fazer dois gols na primeira etapa. O roteiro se repetiu no segundo tempo, e os brasileiros contaram com duas intervenções do VAR para seguir na competição.

Controle argentino nos minutos iniciais

Como era esperado, o River Plate adiantou suas linhas de marcação no começo da partida, e o Palmeiras repetiu a linha com cinco defensores, tática que deu muito certo na partida de ida.

No entanto, a primeira chance clara foi dos brasileiros. Aos 8 minutos, Gabriel Menino deu lançamento primoroso para Rony. O camisa 11 tentou driblar Armani, que conseguiu tirar a bola do atacante.

Na sequência, os Millionarios responderam com Borré. Ele recebe bola na entrada da área e chutou colocado, buscando o canto de Weverton, que saltou para fazer a defesa. O camisa 19 tentou, mas não aproveitou o rebote.

Os argentinos tinham dificuldade para penetrar a área palmeirense, por isso, exploravam jogadas pelo lado e insistiam na bola aérea. O Alviverde estava recuado e não conseguia sair em contra-ataque.

Verdão erra e River pune duas vezes

Gustavo Scarpa falhou na saída de bola e Paulo Díaz teve campo para atacar. Ele avançou e chutou firme, forçando Weverton a mandar para escanteio.

Na sequência, De La Cruz cobrou escanteio aberto. Díaz subiu mais que todo mundo e testou firme para a meta do goleiro palmeirense, abrindo o placar.

O gol deu esperança aos argentinos. Nos 10 minutos seguintes, Suárez e Anglieri tiveram ótimas chances de ampliar, mas pararam na defesa palmeirense.

Os brasileiros pareciam nervosos e impacientes em campo, e a situação piorou aos 40 minutos, quando Gustavo Gómez sentiu e teve que deixar o gramado para Luan.

Não demorou para que os argentinos ampliassem. Aos 44, pela direita, De la Cruz mandou bola na área. Suárez conseguiu desviar e Borré apareceu na segunda trave para marcar o segundo do River.

Leia a matéria completa no:

https://www.msn.com/pt-br/esportes/copa-libertadores/palmeiras-passa-sufoco-%c3%a9-dominado-pelo-river-plate-mas-consegue-a-vaga-para-a-final-da-libertadores/ar-BB1cHBD6?li=AAggXC1

Leia também

Deixe seu comentário!