Ao todo Cuiabá deve vacinar 46 mil idosos e 21 mil profissionais da saúde pública e privada.

Postos de saúde de Cuiabá já estão vacinando idosos e profissionais da saúde

Assessoria

A vacinação contra a Influenza, para idosos e profissionais da saúde, já iniciou nos 101 postos de Cuiabá. Às 8h, começa também a aplicação das doses em quatro pontos de 'drive thru': Pantanal Shopping, Shopping Estação, Universidade Federal de Mato Grosso (entrada pelo portão 1 – Coordenação de Segurança do Campus Universitário) e na Lagoa Encantada, situada no Bairro CPA III. Nestes locais serão vacinadas somente as pessoas que estiverem dentro dos automóveis.


Divulgação

De acordo com a diretora de Atenção Primária, Miriam Naschenweng, para toda a ação foram disponibilizadas cerca de 16 mil doses das 21 mil entregues pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira, 30. Cerca de 6 mil foram designadas para os drivers. As 10 mil foram distribuídas para os 101 postos que farão as aplicações das 7h às 11h e das 13h às 16h30. As demais, segundo ela foram reservadas para os acamados que receberão as doses em casa ao longo da semana.

Ao todo Cuiabá deve vacinar 46 mil idosos e 21 mil profissionais da saúde pública e privada. 

A vacina é contra três tipos de influenza (gripe): influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B. Ela não previne contra o coronavírus, mas é importante para ajudar os profissionais na hora do diagnóstico pois se a pessoa está imunizada contra a influenza, já se descarta essa possibilidade. Além disso, a influenza ainda provoca mortes em todo o mundo. 

CAMPANHA

Neste ano, a campanha, que normalmente é realizada na primeira quinzena de abril, foi antecipada pelo governo federal como estratégia para diminuir a quantidade de pessoas gripadas e, com isso, ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus.

Ainda considerando esses cuidados, a vacinação será dividida em três fases: A 1ª de 23/03 a 16/04, com a vacinação para os idosos (60 anos e mais), profissionais da saúde pública e privada. 2ª fase de 16/04 a 09/05 professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. 3ª fase de 9 a 22/05 para crianças de seis meses a menores de 06 anos, gestantes e puérperas (mulheres de até 45 dias após o parto) e povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos. 

Leia também

Deixe seu comentário!