Prazer ou “nóias”: no que você foca na hora do sexo?

Focar na performance durante a transa pode tirar a oportunidade de aproveitar momentos de prazer

O clima esquentou e a transa vai rolar. Casual, inesperado ou ainda aquele sexo pré-agendado no encontro com o crush. Seja honesta, na hora “H” no que você pensa? No mundo do prazer, o ideal seria que no momento do sexo as pessoas estivessem pensando no… sexo! Mas sabemos que não é bem assim. De acordo com cientistas, a mente humana tem cerca de 6,2 mil pensamentos por dia.

Some isso às “nóias” e preocupações que envolvem o tema da sexualidade e da relação de prazer com o corpo humano. Resultado: tem muita gente focando na performance, ou preocupada em reprimir alguns sentimentos em um momento que seria para curtir e aproveitar.

A especialista, Daniela Fontinele, esclarece que antes de tudo é preciso pensar o por quê fazemos sexo. A maioria das pessoas transa para sentir prazer e ainda construir intimidade: “Mas muita gente leva várias preocupações para a cama e fica tentando controlar essas “nóias” no meio da transa , ao invés de focar em todas as sensações do momento”, explica.

Agenda oculta

De acordo com a sexóloga, é como se tivesse uma agenda oculta do sexo: “A pessoa pensa que existem coisas que tem que acontecer na transa, como se fosse um checklist, e acaba querendo esconder várias preocupações”, esclarece. Ela elenca quais são esses pensamentos que rondam a mente de muitas pessoas nessas horas. Confira.

Performance

Ficar pensando no desempenho nessa hora pode acabar sendo frustrante. Pensar se está impressionando, se está “mandando bem”, também pode acabar sendo uma pressão.

Foco no corpo

A obsessão com a aparência também é um dos temas que desvia o foco do prazer na hora “H”: “As pessoas ficam pensando nos cheiros, sons, e aparência do corpo. Ou ainda tentando esconder algum tipo de emoção, como nervosismo e ansiedade”, aponta a especialista.

Além disso existe a preocupação em manter a ereção e a lubrificação durante a transa.

Velocidade do orgasmo

Um outro tema que pode acabar aparecendo é o tempo do orgasmo: “Algumas mulheres se preocupam se estão demorando demais para gozar e pensam em acelerar o processo, ou ainda homens que temem ejacular rápido demais e tentam controlar a velocidade”, afirma.

Relaxa, foca e goza

Não adianta, alguns pensamentos vão mesmo passar pelas nossas cabeças. E a dica da especialista para tentar reduzir as preocupações é focar nas sensações e no prazer, estando presente naquele momento.

Outra dica fundamental é deixar claro antes da transa, através da comunicação, quais são as intenções e expectativas com a parceria.

Vale lembrar que no sexo casual, nem sempre há intimidade para explanar as preferências ou expor vulnerabilidades, então é preciso tentar abordar algumas preocupações dentro dos limites possíveis e sempre dialogar.

Por fim: “O importante é estar bem com o pós-sexo também, seja para dormir de conchinha, acender um cigarro ou colocar a roupa e ir embora”, finaliza Daniela.

metrópoles

Leia também

Deixe seu comentário!