Segunda dose da CoronaVac está suspensa em Cuiabá a partir desta segunda-feira (17)

As doses restantes é suficiente necessário à aplicação dos pacientes renais, que fazem tratamento nas clínicas de hemodiálise
Foto: Luiz Alves/ Sicom

A aplicação da segunda dose da CoronaVac em Cuiabá está temporariamente suspensa a partir desta segunda-feira (17.05), até que novas doses da vacina chegue na Capital. A informação é da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em nota à imprensa, na noite deste domingo (16.05).

De acordo com a secretaria, as doses restantes é suficiente necessário à aplicação dos pacientes renais, que fazem tratamento nas clínicas de hemodiálise. Além disso, houve uma perda técnica dos imunizantes reservados para a aplicação da segunda dose. Isto porque os frascos que deveriam conter 10 doses, estão contando, na verdade, 9 doses, como vêm acontecendo em todas as regiões do Brasil. Ainda conforme a Pasta, outro motivo é o fato de mais de 2,5 mil pessoas de outros municípios conseguiram se vacinar em Cuiabá, o que prejudicou a conclusão do esquema vacinal de quem tomou a primeira dose na Capital. 

Apesar de tudo, a secretaria já solicitou reposição junto ao Estado, tanto das perdas técnicas quanto das doses aplicadas em pessoas de outros municípios.

Confira na íntegra a nota à imprensa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS):

Em relação à segunda dose da vacina Coronavac, a Secretaria Municipal de Saúde informa que:

- Dispõe apenas do quantitativo necessário à aplicação dos pacientes renais, que fazem tratamento nas clínicas de hemodiálise de Cuiabá. 

- Diante disso, a aplicação de segunda dose de Coronavac em outros públicos, bem como o funcionamento do polo de vacinação no campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), ficarão temporariamente suspensos, até que chegue nova remessa do imunizante por parte do governo federal, previsto para ocorrer na terça-feira (18).

- A SMS destaca que vinha reservando a segunda dose dos munícipes, no entanto, detectou perda técnica, uma vez que os frascos que deveriam conter 10 doses estão contando, na verdade, com 9 doses, o que foi observado em todas as regiões do Brasil.

- Além disso, conforme já divulgado, diante da falta da Coronavac em diversas partes do país, mais de 2,5 mil pessoas de outros municípios conseguiram se vacinar em Cuiabá, prejudicando a conclusão do esquema vacinal de quem tomou a primeira dose na Capital. 

- A Pasta já solicitou reposição junto ao Estado, tanto das perdas técnicas quanto das doses aplicadas em pessoas de outros municípios, e reforça que vem tomando todas as medidas para garantir a imunização dos cuiabanos.

Leia também

Deixe seu comentário!