Órgão alegou que aglomeração iria proliferar a covid-19 no município

Show sertanejo em meio a pandemia é cancelado após ação do Ministério Público

Um show de uma dupla sertaneja programado para ser realizado no próximo sábado (23), na cidade de Primavera do Leste (230 km de Cuiabá) foi cancelado após uma ação do Ministério Público Estadual (MPE) pedindo pela suspensão do evento, em meio ao crescimento da proliferação da covid-19 e do aumento da ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

O evento, segundo a estimativa do MP, levaria pelo menos mil pessoas entre público pagante, artistas e organizadores.

De acordo com o promotor de Justiça Adriano Roberto Alves, o município de Primavera do Leste já vivencia a segunda onda da pandemia de Covid-19, tendo 80% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados e um aumento significativo no número de pessoas infectadas pelo Novo Coronavírus. “O risco imediato de contágio pelo coronavírus e multiplicação dos casos num evento como este é certo”, argumentou.

“É certo que, se realmente o show for realizado será um atentado à saúde de toda a sociedade de Primavera do Leste, pois os frequentadores se exporão ao contágio e não ficarão de quarentena depois para preservar seus familiares, amigos, colegas de trabalho, vizinhos da doença”, acrescentou o promotor, ressaltando que não adianta parte da sociedade se cercar de cuidados se a outra parte não liga para as consequências.

O órgão requereu em caráter liminar que fosse proibida a realização das festas, impedindo a entrada e permanência de pessoas no local até julgamento do pedido principal, sob pena de multa na ordem de R$100 mil em caso de descumprimento.

No julgamento do mérito, também pediu a confirmação da liminar e a condenação dos requeridos na obrigação de não fazer consistente em se abster de realizar o referido show e futuras atividades que ultrapassem o limite de 150 pessoas no local.

Leia também

Deixe seu comentário!