Traficantes usavam drone para jogar drogas em penitenciária

Suspeitos foram detidos pela polícia

Dois jovens, um deles menor de idade, que utilizavam uma aeronave não tripulável (drone) para tentar lançar porções de entorpecentes na Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), foram deitidos em flagrante em uma ação conjunta da Polícia Penal e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) da Polícia Civil.

O suspeito de 18 anos, e portador de tornozeleira eletrônica, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e corrupção de menores. O adolescente de 15 anos responderá a ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.

Durante o trabalho de rotina nas imediações do complexo prisional, foi visualizado o equipamento móvel (Drone Phatom) sobrevoando as dependências da penitenciária, sendo em seguida lançado  um pacote no telhado do Raio III. Em verificação do objeto lançado, foi constatado se tratar de uma porção de entorpecente de 335 gramas.

De imediato foram feitas buscas nas proximidades, sendo os dois suspeitos encontrados. Ao perceber a presença das equipes, eles tentaram fugir mas acabaram contidos. Questionados, os envolvidos confirmaram que estavam no local passando droga para o interior do presídio.

O drone utilizado pelos suspeitos foi localizado escondido dentro do mato.

Diante dos fatos, o  maior e o menor de idade foram encaminhados para a delegacia, interrogados e lavrado o flagrante. Após a confecção dos autos, eles foram colocados à disposição da Justiça.

Por Assessoria

Leia também

Deixe seu comentário!