UFMT está entre as melhores universidades do mundo, aponta indicador internacional

A instituição conquistou a boa colocação em razão do quesito “performance de pesquisas científicas”

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) foi apontada recentemente como uma das melhores universidades do mundo pelo ‘Center for World University Rankings (CWUR)’, órgão internacional que lista as 2.000 melhores universidades de quase 20 mil universidades em todo o mundo. A instituição mato-grossense aparece na 1742ª posição mundial e 47ª no comparativo brasileiro. 

Desde 2012, o CWUR publica um ranking acadêmico de universidades globais que avalia a qualidade da educação, o emprego de ex-alunos, a qualidade do corpo docente e o desempenho das pesquisas científicas. Tudo isso é feito sem depender do envio de dados das universidades. Inicialmente, o ranking listava apenas as 100 melhores instituições, mas a lista foi ampliada ao longo de seus nove anos de existência. 

A UFMT conquistou a boa colocação em razão de um quesito em especial: “performance de pesquisas científicas”. Com nota 66,7, a UFMT é a única universidade mato-grossense a participar do ranking. No compartivo nacional ela fica atrás de universidades federais como as da Paraíba, de Mato Grosso do Sul, do Espírito Santo, do Pará e de Uberlândia. 

As instituições brasileiras que melhor aparecem na lista são: Universidade de São Paulo, Universidade de Campinas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Estadual de São Paulo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de São Paulo, Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Fundação Oswaldo Cruz. 

Indicador do MEC

Há cerca de duas semanas, o Ministério da Educação (MEC) também publicou um levantamento que apontava a UFMT como uma das melhores instituições de Ensino Superior do país. Conforme os resultados divulgados pelo MEC, UFMT atingiu a conceito 4 no Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição 2019 (IGC), que tem como nota máxima 5. 

A nota obtida pela UFMT deve-se principalmente aos conceitos obtidos pelos cursos de mestrado e doutorado da instituição, que foram, respectivamente, 4,29 e 4,67 em 2019. Nesta mesma edição a graduação pontuou 2,92. Os números colocam a UFMT entre as 25% melhores instituições de ensino do Brasil. Apenas 515, das 2091 instituições avaliadas, tiraram notas 4 ou 5 no indicador. 

Leia também

Deixe seu comentário!