Colorado segue na montagem do elenco para a temporada cheia de 2021, com estadual, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro.

União acerta retorno do goleiro Naldo e contrata meia Patuta, ex-Guarany de Sobral

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Goleiro Naldo retorna e União contrata meia cearense Patuta - Crédito: Kelson Abraão / divulgação

Em processo de montagem do elenco para a temporada cheia de 2021, a diretoria do União garantiu mais dois reforços. O experiente goleiro Naldo retorna ao colorado, enquanto o meia Patuta, que estava no Guarany de Sobral-CE, chega como novo contratado.

Natural do Maranhão, Naldo tem 35 anos e boa parte da sua carreira construída no estado de Mato Grosso, com passagens por Vila Aurora, REC, Poconé, Sinop, Operário-VG e Cacerense. No primeiro trimestre de 2020, antes da paralisação do Campeonato Mato-grossense, o goleiro estava no elenco do União, porém não retornou para o segundo semestre.

“Expectativa muito grande de poder voltar aos treinos. No ano passado teve a paralisação do estadual, depois não deu para voltar na Série D e Mato-grossense. Agora esse ano a diretoria me procurou e acabamos entrando num acordo, acertando a volta. Esperamos fazer uma boa pré-temporada para chegar bem nos campeonatos. O União vai ter bastante competição, é uma expectativa muito grande de poder fazer um bom ano”, disse Naldo ao site Olhar Esportivo.

Já o meia-atacante José Anastácio, conhecido como Patuta, é natural de Fortaleza-CE e tem 27 anos. Ele foi revelado no Guarany de Sobral, por onde jogou a maior parte da carreira, inclusive nos últimos dois anos. O atleta disputou a Série D do Brasileiro de 2020.

Irmão do experiente meia Daniel Sobralense, Patuta também teve passagens por outros clubes do Ceará, como Fortaleza, Guarani de Juazeiro, Tiradentes, Iguatu e Pacajus, além de ter jogado no Vitória da Conquista-BA.

O União estreia no estadual dia 27 ou 28 de fevereiro, contra o Luverdense, no estádio Luthero Lopes. A equipe também terá pela frente a Copa do Brasil e a Série D do Brasileiro.

 

Por: Pedro Lima

Leia também

Deixe seu comentário!