Ministro da Saúde disse que Manaus terá prioridade no recebimento do imunizante contra o novo coronavírus.

Vacinação contra a Covid-19 começará em janeiro, garante Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira (13/1), em Manaus (AM), que a vacinação contra o novo coronavírus começará neste mês.

Segundo o general das Forças Armadas, serão distribuídas cerca de oito milhões de doses, três ou quatro dias após a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso do imunizante.

O militar informou, sem dar detalhes, que Manaus terá prioridade no plano de vacinação. A capital do Amazonas registra, em janeiro, o maior número de novas internações por Covid-19.

“A vacina será distribuída simultaneamente em todos os estados, na sua proporção de população, e Manaus terá essa prioridade”, reforçou o ministro da Saúde.

Apesar de garantir a imunização para este mês, o ministro não informou a data de início do plano de vacinação. Anteriormente, Pazuello afirmou que ocorreria “no dia D e na hora H”.

Os imunizantes que serão distribuídos foram produzidos pela AstraZeneca/Oxford, em parceria com a Fiocruz, e pela Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.

Leia também

Deixe seu comentário!